Modelos de Declaração

A declaração nada mais é do que um tipo de texto que é ligado a situações de ordem empresarial, proferindo um relato por alguém a favor de outra pessoa procurando assim evidenciar um fato.
Esta declaração em seu sentido literal representa um tipo de declaração que é feita de uma pessoa para outra com a ideia de atestar uma verdade. As mais diversas instituições que são relacionadas para a esfera social, como as empresas e universidades, escolas e outras instituições realizam estas declarações como um documento formal.

Modelos de Declaração

O texto das declarações precisa contar com uma caracterização técnica e marca sqeu acabam compondo o que se torna inclusive perceptível revelada por um estilo padrão.
As marcas se fazem presentes através de uma padronização de um documento, como por exemplo o discurso que deverá ser redigido sempre em papel timbrado, associados de logotipo e carimbo da empresa, bem como a razão social e a assinatura da pessoa que é responsável e que emitiu esta documentação.
Como deve ser redigida a declaração
A declaração deverá ser um documento que precisa fazer referência a todos os objetivos de forma pretendida através de um discurso, e a expressão declaração deverá se apresentar em letras maiúsculas, procurando ocupar uma posição existente de destaque sobre as demais também.
A seguir é importante se redigir uma mensagem totalmente pretendida, desta forma é possível focalizar o assunto específico do documento.
E ao final da declaração é possível citar o local, data, citando o dia, mês e ano seguido da assinatura do emissor e seu cargo quando este for o caso.
Veja a seguir um modelo de Declaração de Hipossuficiência, que também pode ser conhecida como declaração de pobreza, e oferece benefícios de assistência judiciária gratuita.
“Eu, NOME COMPLETO, nacionalidade, estado civil, profissão, portador(a) do RG nº _____________ e do CPF nº ______________, residente e domiciliado(a) à [endereço completo], DECLARO, para todos os fins de direito e sob as penas da lei, que não tenho condições de arcar com as despesas inerentes ao presente processo, sem prejuízo do meu sustento e de minha família, necessitando, portanto, da Gratuidade da Justiça, nos termos do art. 20, parágrafo único, da Lei nº 1.060/50.”

    
Este site lhe foi útil? Clique no G+1. É muito importante pra nós. Obrigado!


Deixe um Comentário: