Compra e venda de imóvel com pagamento parcelado em nota promissória


Geralmente, as compras que são realizadas por intermédio de notas promissórias não são de valores tão altos quanto um imóvel, inclusive porque as imobiliárias não costumam aceitar isso. Porém, quando essa compra e venda acontece de maneira informal, ou seja, somente entre o proprietário e o comprador, esse pagamento poderá ser possível.

Com as notas promissórias, o comprador está atestando para quem vende que, de fato, irá pagar. Pode-se associar esse tipo de nota a uma promessa: é como se fosse uma garantia e ela possui, sim, peso legal.

Quando a transação foi feita por intermédio de uma nota assim, é preciso que os envolvidos façam um documento que é a compra e venda de imóvel por promissória. Esse documento vai dizer que está acordado que as parcelas sejam pagas através dessa garantia e, para ter validade, será preciso que o vendedor, ou seja, quem vai receber as promissórias, também assine.

Como fazer?


Esse é um documento que precisa ser feito impresso e no qual é obrigatório que se tenha o nome de quem vende e de quem fornece as promissórias. Se o imóvel que está sendo comercializado tem mais de um vendedor, o nome e o RG de cada um deles vai ter de constar e ambos precisam concordar com as promissórias.

A carta vai ter de especificar que está assegurada a venda, usando-se como pagamento as notas, tendo-se também a localização desse imóvel que se está vendendo. Recorda-se que esse endereço precisa ser completo, constando até mesmo o CEP.

É preciso que se leve essa carta a um cartório, sempre o comprador e os vendedores juntos, e que se peça o reconhecimento de firma. Primordial também que cada vendedor e cada comprador tenha a sua cópia com a assinatura e com a firma reconhecida.

Para redigir, é preciso que a tinta seja preta e que não se coloque qualquer detalhe em vermelho ou em outras cores. Abaixo, existe uma ilustração com essa forma de carta.

Modelo de Compra e venda de imóvel, cujo pagamento será parcelado através de nota promissória

    

Deixe um Comentário: