Modelo de contrato de prestação de serviços psicológicos

Quem está pensando em abrir seu próprio consultório de psicologia e não sabe por onde começar, aqui vão algumas dicas valiosas. Uma das primeiras providencias a serem tomadas é a redação de um Contrato de Prestação de Serviços Psicológicos.

Em muitos casos, os psicólogos escolhem fazer uso do contrato verbal em seu consultório, buscando evitar que um contrato escrito possa trazer consequências negativas à relação com o paciente. Porém, vale ressaltar que a existência de um contrato, não é meramente para garantir o pagamento pelos serviços prestados, mas estabelecer pactos claros, além de demonstrar seriedade no procedimento escolhido.

Ao profissional que está oferecendo o serviço, o contrato é uma forma estipular normas sobre cancelamentos, rescisão de contrato, horários e não comparecimento, por exemplo, e ainda tem como objetivo ser um documento onde constam valor e horários das consultas, o que deve ter sido previamente acordado entre contratado e contratante.

Para que serve o Contrato de Prestação de Serviços Psicológicos?

É um documento que formaliza a relação profissional entre psicólogo e paciente e que enumera os principais pontos do acordo, bem como horários, valores, entre outros aspectos. Funciona como um contrato de prestação de serviço comum, onde devem estar claras os direitos e deveres de cada um.

Quem pode usar o Contrato de Prestação de Serviços Psicológicos?

Profissionais psicólogos que trabalham com Psicologia Clínica em geral e que possuem seu próprio estabelecimento. O Contrato de Prestação de Serviços Psicológicos pode ser usado pelo profissional que trabalha por conta própria em consultórios, clínicas, escolas ou empresas.

O que deve conter no Contrato de Prestação de Serviços Psicológicos?

É imprescindível que no contrato esteja o registro do profissional de Psicologia. Via de regra, para fins legais, o documento deve conter as informações básicas de cada parte envolvida, além de assinatura válida de ambas. No caso do Contrato de Prestação de Serviços Psicológicos, não há necessidade de registro em cartório.

Confira aqui o Modelo de Contrato de Prestação de Serviços Psicológicos.

Modelo de Contrato de Prestação de Serviços Psicológicos

    


Deixe um Comentário: