Treino para a dorsal e lombar

Muitas vezes parece ser fácil você utilizar alguns aparelhos e trabalhar uma importante porção muscular, que são as dorsais, não é verdade? Em contrapartida nada é tão simples como pode parecer, apesar de várias pessoas não se darem tanta atenção para os exercícios de dorsais. Este é um tipo de agrupamento muscular fundamental para desenhar um corpo bonito, seja para homens ou mulheres. Confira alguns fatores que devem ser levados em conta para um treino eficiente de dorsais.

O nosso intuito é mostrar alguns erros que geralmente as pessoas cometem, nos treinos de dorsais, e como você deverá os evitar. Vamos por partes, aos componentes que fazem com que seu treino de dorsal não seja realmente eficiente.

treino para a dorsal e lombar

Não deixe de lado nunca os pesos livres.

Esta apesar de ser uma constante máxima repetida, toda a execução dos treinos para dorsais que se utilizam de pesos livres geralmente são muito baixas. A grande maioria das pessoas poderão usar e abusar de exercícios em polia e esquecem este tipo de detalhe. A puxada alta por sua vez, bem como as remadas baixas e suas variações são muito úteis, mas não devem ser uma base para seu treino.

Os exercícios como por exemplo a barra fixa, ou remada curvada são altamente eficientes, principalmente para que haja uma sobrecarga maior dos exercícios. Remada cavalinho também é uma boa pedida, os iniciantes não devem é claro utilizar este tipo de exercício sem uma devida preparação.

Tenha um cuidado com as pegadas.

Isto pode parecer uma coisa boba, mas pegadas que você utiliza em treinos de dorsais podem fazer toda a diferença. As pegadas de superação têm uma maior ativação de bíceps como um coadjuvantes, já as pegadas neutras tendem a ter uma maior utilização de cabeças longas de bíceps, e pegadas pronadas tendendo a utilizar menos o bíceps braquial.

Apenas este fato faz toda a diferença na hora de sua execução, já que um exercício com menos participação de bíceps tende a ser mais efetivo para as dorsais em vários casos.  Ter um bom foco na intensidade do exercício também é importante, mas sem exagerar nos exercícios.

    


Deixe um Comentário: