Treino para os bíceps

Os músculos do bíceps braquial, é sem dúvida alguma um dos músculos mais interessantes e conhecidos, além de visados por praticantes dos exercícios de musculação, até mesmo quem ainda não treina tem as suas dúvidas. Um bíceps considerado forte, grande e definido é um tipo de símbolo de status entre os praticantes de musculação, amigos, crianças, adolescentes, entre outros.

Dentre os principais exercícios e movimentos de ordem articular feitos por este músculo estão a flexão de ombros, a supinação de antebraço e ainda a flexão dos cotovelos e este último deverá ser utilizado como um principal movimento dos treinos de bíceps determinados.

Treino para os bíceps

Vamos então ao treino.

O treino deverá funcionar da seguinte forma, feito com um bíceps concentrado com halteres, onde as execuções devem ser feitas da seguinte forma 4 X 08 a 10 repetições realizadas.

No caso de bíceps no cross over com barra reta e pegada supinada, a execução deverá ser feita da seguinte forma 4 X 4+4+4 (Drop-Set) e de forma excêntrica e lenta.

O Bíceps no Banco Scott unilateral, este é um exercício que deverá ser executado da seguinte forma, serão 3 x 8 a 10 repetições realizadas.

O bíceps direto com barra reta e pegada supinada 21, este que é o famoso e diferenciado exercício de bíceps 21 mas nesta situação não realizaremos 21 repetições mas sim apenas 15 e com algumas variações, estas reflexões deverão ser realizadas sempre até o limite de flexões do cotovelo.

Algumas dicas para realizar os exercícios precisam ser levadas em conta, entre elas podemos citar que você deverá realizar todos os movimentos com uma grande calma, controlando tanto a sua fase de ordem concêntrica como por exemplo a ordem excêntrica, tenha um bom foco em sua postura, respeitando os seus limites, e não coloque muita carga que você não vá aguentar.

Os professores estudaram muito para prescrever as melhores alternativas de treino que devem ser seguidas por você. Por isso evite os exercícios e não treino por conta própria, nem mesmo pegue os treinos de internet. Lembre-se que estas são algumas dicas e não prescrições, procure deixar estas informações a parte do seu personal trainer.

    


Deixe um Comentário: